quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Deus rejeita homossexuais... Que não se arrependerem

Fato. Não posso negar isto, com base na bíblia. E mostrarei porque.

Depende do termo rejeitar. No sentido de não se dispor a salvar COM BASE EM ARREPENDIMENTO, Deus ordenou que o evangelho fosse pregado a toda criatura. Não rejeita ninguém. Mas em termos de aceita-los assim mesmo...

Ouve-se muito de que Deus ama os pecadores, e odeia o pecado. Isso é verdadeiro no sentido de que Deus ama os pecadores a ponto de lhes ter feito até um sacrificio pela salvação deles, e de ter enviado os pregadores, porém não é verdadeiro no sentido de que ele gosta dos pecadores sendo como são. Ao contrario, abomina-os quando praticam o mal.
No caso da homossexualidade, ela é considerada um pecado, e como tal os praticantes tem garantido o amor divino só até este ponto dito.


Deus rejeita A PRATICA E QUEM PRATICA até o lago de fogo, se não se arrependerem dos seus pecados.


A homossexualidade é considerada uma abominação (velho testamento)
Jesus disse que no principio era um homem e uma mulher e que não era para o homem separar isso (autoridade máxima do cristianismo)
nas cartas, a homossexualidade é considerada um desvio da natureza

Em apocalipse 22.15
15 Fora ficam os cães, os que praticam feitiçaria, os que cometem imoralidades sexuais, os assassinos, os idólatras e todos os que amam e praticam a mentira.


Imoralidade sexual incluia, até aquele momento presente, a homossexualidade. (tb já ouvi que cão era um termo ligado a homossexual ou prostituto, não estou bem certo, porém).

Não há nenhuma base séria para crer que Deus aprova homossexuais agora, que eu saiba.
Inclusive, costumam falar que jesus perdoou a adultera, mas ele disse para ela não pecar mais, não mudando a classificação dela como pecadora.

Deus mandou AMAR nossos inimigos, orar, fazer o bem, dar a outra face, etc, então NÓS temos de ser bons para todos e querer o bem de todos. Mas por palavras na boca de Deus... Ai é injusto. Até aonde se sabe, pela bíblia, Ele considera uma abominação.

Diga-se de passagem, fora da biblia, há "n" razões para se criticar a homossexualidade e muitas outras falacias que são pregadas pelos ativistas a favor da homossexualidade como que é genético e não pode mudar (tem até irmãos gemeos identicos que um é e outro não).


É preciso que a verdade seja declarada com justiça. Na nossa sociedade, com a homossexualidade forçadamente ensinada como algo saudavel, a critica é muito mal vista. Devemos lembrar que cristão nem não cristão tem o direito de agredir sequer o pior assassino ou violentador, etc. Porém, Deus, soberano, ameaça todos os pecadores, até os mentirosos, de até mesmo lago de fogo.
Não devemos misturar a nossa autoridade com a Dele, nem o nosso papel. O NOSSO é de orar pelas pessoas, fazer o bem, ajudar, tratar os outros com respeito e amor, até aos inimigos (quanto mais aos pecadores em geral).

Mas não temos o direito de dizer que Deus ama o homossexual como está ou que não os ameaça.
Deus é alguém que ameaça PUNIR os homossexuais, fazê-los SOFRER TERRIVELMENTE, como um punidor, o justiceiro e ditador teocrata que é, ameaça os pecadores até mesmo os que parecem-nos indignos de tão severa punição, como mentirosos.

Não devemos tapar o sol com a peneira.

Desprendido disso tudo, sou contra a homossexualidade, e a critico. Desprendido disso tudo, também, não quero que um homossexual vá para o inferno, preferia até conviver com ele para sempre nesse estado do que que ele sofresse. Mas não ouso pôr minhas palavras na boca de Deus, antes, só clamarei a Deus por misericórdia, e buscarei continuar fazendo o bem e esclarecendo a questão.


-  -

Muitos outros artigos virão criticando a homossexualidade, ativismo gays, dentre outros. Porém fica aqui neste artigo a clara explicação, espero eu, de que: Deus abomina a homossexualidade e que se os homossexuais não se arrependerem, JÁ ESTÃO ameaçados até de lago de fogo. Cumpro meu dever como mensageiro, e declaro o meu lamento e compaixão, porém, e que não estou nada feliz com a situação, antes preocupado com o bem estar deles (e nem por isso os aprovo).

Muito contra, mas não os quero sofrendo. Recado esteja dado, e peço que vejam a diferença entre o meu pensamento e modo de agir do de Deus, e não me acusem de simplesmente odiar homossexuais porque a biblia assim o ensina (ensina a considera-los criminosos, mas também nas ultimas paginas, a amar os inimigos).

Considerem-me apenas sincero.

Nenhum comentário:

Postar um comentário