quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Sexualidade não é pecado - Tá na bíblia... Mas tem de casar

A sexualidade na bíblia não é tratada como pecado, nem mesmo a sexualidade pelo prazer.
É o que está na bíblia.

Eis algumas passagens que confirmam:

Aquele que encontra uma esposa, acha o bem, e alcança a benevolência do SENHOR.
Provérbios 18:22

Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade.
Como cerva amorosa, e gazela graciosa, os seus seios te saciem todo o tempo; e pelo seu amor sejas atraído perpetuamente.
Provérbios 5:18-19

Sustentai-me com passas, confortai-me com maçãs, porque desfaleço de amor.
A sua mão esquerda esteja debaixo da minha cabeça, e a sua mão direita me abrace.
Conjuro-vos, ó filhas de Jerusalém, pelas gazelas e cervas do campo, que não acordeis nem desperteis o meu amor, até que queira.
Cânticos 2:5-7

Ou seja: a mulher estava pedindo até frutas para comer, porque estava exausta de tanto amor, e pede que deixem o seu amor dormindo até que queira (ou seja, ele deve estar exausto também).

- -

Espero ter deixado obvio pela bíblia portanto de que o sexo e o prazer sexual são coisas boas na bíblia. Porém que não se ignore a condição de casar-se primeiro:
Paulo discursava sobre a possibilidade de ficar sem casar, como uma recomendação sua, mas afirmou explicitamente que não peca quem casar:

Mas, se te casares, não pecas; e, se a virgem se casar, não peca. Todavia os tais terão tribulações na carne, e eu quereria poupar-vos. 
1 Coríntios 7:28

Lembrando que mais do que um direito, a quem está casado, é um dever ceder a sexualidade ao conjuge.

O marido pague à mulher a devida benevolência, e da mesma sorte a mulher ao marido.
A mulher não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no o marido; e também da mesma maneira o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no a mulher.
Não vos priveis um ao outro, senão por consentimento mútuo por algum tempo, para vos aplicardes ao jejum e à oração; e depois ajuntai-vos outra vez, para que Satanás não vos tente pela vossa incontinência. 
1 Coríntios 7:3-5

- - 

O fato de que tenho que explicar isso mostra o quanto a sexualidade é um tabu. Fiquei impressionado com a frequencia com que tive de procurar provar isso, estando preocupado com questões mais complexas como a masturbação, homossexualidade, e formas diferentes de sexualidade.

Não sei o que pode ser feito para que a igreja tenha uma forte educação sexual cristã, mas sei que temos uma grande necessidade disso. Peço aos cristãos que colaborem com idéias sobre como desenvolver essa sociedade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário