quarta-feira, 27 de março de 2013

Eu apóio Pr. Marco Feliciano - Crer em maldição hereditaria não é racismo


Fica repetido o que já disse: achar que alguém foi amaldiçoado não significa odiar. Eu acho que EU sou amaldiçoado, isso não significa que eu me odeie, ou seja mal, ou mereça. Ele não demonstrou achar isso também pelo que vi.

Qualquer um deveria ver que a maldição foi injusta. Não que eu creia que seja mesmo uma maldição que atingiu a Africa, mas é só ver a passagem como ele mesmo citou: Noé amaldiçoou o DESCENDENTE do que expôs sua nudez, nem mesmo amaldiçoou a pessoa que fez a coisa errada.

Crer em maldição hereditária não é racismo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário