domingo, 17 de março de 2013

Não julguem para que não sejais julgados... Viva a anarquia!

Mais uma vez me vejo apelando para a ironia devido a minha indignação.

O ponto do momento é a frase "não julguem para que não sejais julgados". Citada é para falar mal dos evangélicos, pregadores, criticos da homossexualidade e de pecados gerais principalmente.

Irônico é o uso dessa frase de certas pessoas dizendo isso a pregadores que tem o dever de pregar o evangelho e criticar pecado, dever esse dado pelo próprio Cristo.

Mais ironico é o fato de que essas mesmas pessoas não falam que juizes estão então sendo injustos, nem promotores nem a mídia ao falar mal inclusive de pregadores. Ignoram a impraticabilidade da frase tomada como principio geral para a sociedade, ignoram o fato de que sem julgamentos nós viveriamos em uma anarquia absoluta.

 O mais ironico é que aqueles que acusam essas pessoas de estarem julgando estes mesmos estão julgando!
Ora, se é errado julgar em toda e qualquer circunstancia, quem julga aqueles que julgam também está errado! É lógico.

Porém o que diz o resto da frase? Não julguem para que não sejam julgados. Com a medida com que julgarem, os julgarão novamente.

Não julgueis, para que não sejais julgados.
Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós. 
Mateus 7:1-2

Ou seja: não julguem para NÃO SEREM JULGADOS. Não apedrejem porque vocês também tem o pecado. Não Se vocês julgarem serão julgados na mesma medida!

Pois bem: eu julgo a todos, inclusive a mim mesmo. Julgo do ateu ao crente, julgo teorias cientificas à bíblia, diabo a Deus, e julgo até o julgamento alheio. Edai? Julgo também para ser julgado, e me orgulho do meu juizo, e me orgulho a tal ponto que exponho-o inclusive neste texto para que outros me julguem. Eu quero ser julgado pelo que faço, porque considero justo, e digno de honra.

Porém, não é o que tentam impor. Querem incentivar que se cesse o julgamento de quem está pecando e quem não está. Por mim você pode julgar eu, pastor, líder, Deus, quem for, desde que julgue corretamente! E aceite ser julgado com a justa medida. Sou 100% a favor da critica, desde que com respeito a liberdade de expressão, sem injustiças, e procurando respeitar a todos.

Mas saiba: dará conta do seu julgamento. E sim, eu dou do meu.



Nesses dias em que se ama citar a passagem da adultera para proteger a adultera da CRITICA e a sua POSIÇÃO AINDA PRÓ-ADULTÉRIO se aplica a frase de Jesus fora do seu contexto.
Porém, também foi por Ele dito que bem aventurados são os que tem fome e sede de justiça. Lembremos que na época de Jesus o julgamento acarretava em apedrejamento LITERAL até mesmo, e era feito com injustiça.
E Jesus, não julgava?
Vós julgais segundo a carne; eu a ninguém julgo.
E, se na verdade julgo, o meu juízo é verdadeiro, porque não sou eu só, mas eu e o Pai que me enviou. 
João 8:15-16

Ora, cristãos julgam sim diversas pessoas, cito 2 grupos que gostam que não se julgue: líderes religiosos, religiões alheia e homossexuais. Porém, o julgamento deles de afirmar "tal coisa é errada" não é só deles (se de fato tem base bíblica) mas de DEUS.

Julgo sim, que quem me julga por estar me julgando é um juiz muito injusto.


Encerro com algumas passagens sobre julgamento:
Porque, que tenho eu em julgar também os que estão de fora? Não julgais vós os que estão dentro? 
1 Coríntios 5:12


Não sabeis vós que os santos hão de julgar o mundo? Ora, se o mundo deve ser julgado por vós, sois porventura indignos de julgar as coisas mínimas?
Não sabeis vós que havemos de julgar os anjos? Quanto mais as coisas pertencentes a esta vida? 
1 Coríntios 6:2-3


E falem dois ou três profetas, e os outros julguem 
1 Coríntios 14:29


Dá-me, pois, agora, sabedoria e conhecimento, para que possa sair e entrar perante este povo; pois quem poderia julgar a este tão grande povo?
Então Deus disse a Salomão: Porquanto houve isto no teu coração, e não pediste riquezas, bens, ou honra, nem a morte dos que te odeiam, nem tampouco pediste muitos dias de vida, mas pediste para ti sabedoria e conhecimento, para poderes julgar a meu povo, sobre o qual te constituí rei,
Sabedoria e conhecimento te são dados; e te darei riquezas, bens e honra, quais não teve nenhum rei antes de ti, e nem depois de ti haverá. 
2 Crônicas 1:10-12

Falo como a entendidos; julgai vós mesmos o que digo. 
1 Coríntios 10:15


Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça. 
João 7:24


Não farás injustiça no juízo; não respeitarás o pobre, nem honrarás o poderoso; com justiça julgarás o teu próximo. 
Levítico 19:15

E para encerrar digo-vos: julguem e julguem direito e façam com que haja justiça a ponto de encher a terra, porque está escrito com a medida com que medirem julgarão novamente. Se vocês defendem a anarquia, anarquia lhes virá, mas não pensem que escaparão de julgamento porque assim como está escrito "ainda lhes acrescentarão" eu lhes prometo que não deixarei de julga-los ainda pela vossa ausência de posição diante da injustiça. E me será uma honra ser julgado com justiça pelo que faço!


De agora em diante: Não julguem vocês!

Nenhum comentário:

Postar um comentário