sábado, 1 de junho de 2013

Mau Humor – Tenho achado MUITA GRAÇA para suportar tanta maldade (graça = favor imerecido)


Você tem senso de humor? Você sabe o que é engraçado?

Frequentemente pessoas fazem piadas com sogras, loiras, portugueses, times. Muitas piadas são feitas com ofensas e zombarias, e as vezes até mesmo conotação violenta, cruel ou sexual.

É disso o que as pessoas riem. É a base da comédia, rir de uma torta na cara de outra pessoa, de um dos patetas batendo em outro, ou ver alguém caindo, numa “video-cassetada”.

Isso é cristão? Mais que isso: isso é coisa de pastor, isso é coisa de púlpito.
As vezes até mesmo pregadores fazem piadas incovenientes sobre times alheios, e outras coisas. Piadas incovenientes, desrespeitosas, mas que por não serem sexuais ou violentas parecem “apropriadas para um cristão”. Piadas de crente.

Não sou contra rir, não sou contra piadas em absoluto. Embora ache muito difícil, muito meso, encontrar uma piada que mereça um riso 100% inocente, sem nenhuma vergonha.

Desde o chaves e o pica-pau, tom e Jerry e outros nós sempre rimos da desgraça alheia.
Isso é feio, é anti-cristão aos meus olhos, mas cristãos praticam tal coisa e até em filmes evangélicos as vezes se vê brincadeiras com crentes que não deveriam ser feitas.

Agora mesmo que escrevo isto, acabo de responder a alguém que me disse que ia me excluir de alguma rede social porque eu fiquei reclamando da piada dele. Uma piada sobre times de futebol, que associava corintianos a bandidos.

ninguém demonstrou ofender-se, claro, apenas eu que nem mesmo sou coritiano, não torço para time nenhum... Mas me ofendi, como se tivessem xingado milhares e milhares de pessoas que amo. É claro, não é sério. É só “brincadeira”. Mas ei: lá fora no mundo xingam até a mãe de vadia e não falam sério. É “normal” aos olhos deles não se ofender com isso da mesma forma que nós não deveríamos nos ofender se loiras são burras, sogras bem que podiam morrer, são-paulinos são todos gays, coritianos bandidos, e coisas do tipo. É só brincadeira, não? Mas qual é a diferença? A diferença é que agente não xinga a mãe, e os lá de fora sim. Continuamos com o mesmo coração.

Sei que é muito difícil mudar isso, mas é necessário.
Não vou ficar aqui sozinho, a bíblia me apoia.
Como o louco que solta faíscas, flechas, e mortandades,
Assim é o homem que engana o seu próximo, e diz: Fiz isso por brincadeira. 
Provérbios 26:18-19

Me chamaram mais de uma vez de chato por isso. Talvez Salomão que reclamava dos escarnecedores também o seria. Mas quem realmente é chato?

Exigiram de mim que fosse mais amoroso, após ofender milhares de pessoas... EU sou a pessoa que deve ser amorosa? EU tenho que ACEITAR que xingamentos de brincadeira acontecem? Quem realmente tem falta de SENSO de humor? Quem é chato e quem é legal, a ponto de discordar sabendo que será mal visto? Quem perdeu o BOM SENSO? Quem de fato tem um MAU senso de humor?

Estou preparando um livro sobre o tema, mas a resposta é obvia: nós que parecemos bravos por nada não nascemos com mau senso de humor. Nós ficamos assim, aprendendo com os outros as suas piadas, e quando percebemos que brincadeiras são ofensivas, adquirimos o BOM SENSO.

Quem tem mau humor? Vocês que acham graça em coisas ruins. Vocês não tem senso de humor. Eu tenho um BOM SENSO de humor, e luto para que todos tenham. Posso ser muito mais sério e ficar irritado com muita facilidade com relação a outras pessoas, mas não rio da desgraça alheia.

Espero que entendam com o próprio trocadilho o principio: piadas corretas existem. Mas existe o mal e está intimamente atrelado ao humor. É uma falta de bom senso, uma falta de juízo, de entendimento, de responsabilidade, ligado a idéia de que se deve apenas se preocupar em rir, e não com o conteúdo. Isso se vê e comprova facilmente olhando os sites de humor e seu frequente uso de péssimos conteúdos. Peço a todos que levem isso a sério, e entendam que rir tem a ver com compaixão, tem a ver com felicidade, tem a ver com coisa boa. Não deve ser rir para não chorar. Deve ser rir de felicidade. Poucas pessoas, creio eu já riram de felicidade tanto quanto eu mas eu tenho aversão a filmes de comédias e coisas do tipo que eu sei que mesmo que me alegrem me fazem mal. Reconheço que pode ser as vezes difícil não rir e não gostar de coisas ruins. Mas DEVERIAMOS nos envergonhar, nos compreender e buscar dirigir o humor.

O mal dessa falta de senso de humor me fez certa vez literalmente ganhar em acampamento cristão onde se deveria buscar a Deus, PREMIOS de “jeitão de espiritual” e “irritadão”. Guardo essas brincadeiras ofensivas e de ignorância ingênua (reconheço, perdoo, e os amo, porém não os justifico) como elogio. Estou cheio de mau humor...

Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. 
Filipenses 4:8

Nenhum comentário:

Postar um comentário