domingo, 30 de junho de 2013

Porque PRECISAMOS de uma reforma no conceito de laiquicismo do estado

O estado laico tal como está não é justo

Se uma ong ateista quiser interferir no estado pode. Se uma igreja quiser, não pode.
Se um valor tipo sexo sem casamento, homossexualidade, até zoofilia não é religião, ok, tolera-se pela liberdade. Se alguém quer sugerir um sistema social positivo socialmente, como o do casamento, não pode pq o valor é cristão
Se alguém quer ensinar evolução na escola, embora contrarie a crença tradicional bíblica, pode. se alguém quiser ensinar DI (nem falo criacionismo mais pq ai mais ainda!) não pode
Se alguém disser na literatura para ler o livro MAIS IMPORTANTE DA NOSSA CULTURA que é a bíblia, é violação. Porém na aula de literatura se pode ter até como literatura obrigatória algum livro de cara que xinga Deus, bíblia, igreja... Até texto de um Jesus dizendo que Jesus não existe.

Isso não é justiça, isso é PRIVILÉGIO para a posição apateista (desprezadora de Deus) em desprezo das posições religiosas. Esse sistema favorece o ateismo, só vale valores não religiosos.

na verdade usam isso como desculpa para nos desqualificar para debates nos quais perderiam. Tá na lei para não roubar, pq não tiram? E não matar, pq não dizem que isso é valor de religioso? Pq além de ser valor religioso vocês também percebem que é BOM. O fato de que é dos 10 mandamentos é IRRELEVANTE, o fato de amar o próximo ser doutrina religiosa não impede vocês de valorizarem esse principio. Pq? PQ NÃO INTERESSA! O que interessa é o que é JUSTO

Mas vocês impõem valores ateistas que num pais de quase 90% de cristãos (fora espiritas e outros, como teistas sem religião) valores religiosos são bloqueados pq? POR DESCULPA. O estado laico foi feito para proteger grupos de ser submetido a valores de maioras no que tange a questão religiosa, mas vale oprimir com valores homossexuais criminalizando a opinião sem nem OUVIR só pq quem discorda costuma (e nem sempre é) religioso ?

O que vale nesse pais? Injustiças. O estado é feito laico numa tentativa de não oprimir os outros, mas não pode servir de forma a impedir nossos valores e deixar os dos outros. Seria um governo da minoria. Em QUALQUER OUTRO CAMPO que não seja envolvendo valores religiosos os representantes da maioria votam leis que desgradam minoria e mesmo assim eles toleram. Pq nós ficamos sempre barrados com relação a aborto que não é questão de religião mas de BOM SENSO pelo fato de que vocês não são religiosos e não valorizam a vida humana em desenvolvimento + que o direito de uma mulher controlar o corpo (não perguntam se o nascituro é mulher, porém...). Não podemos ser cidadãos de segunda classe no nosso próprio pais, não temos de ter obrigação de que outros concordem para estarmos certos.
É diferente impor CRENÇA de impor obediencia. vc pode achar que crack deveria ser permitido, isso é problema teu. Eu tb não posso impor minha CRENÇA, mas posso impor que você não mate seres que cremos serem valiosos como seres humanos! Fazer agente sentir que estão assassinando bebes no nosso próprio pais é democracia? Mesmo que estivessemos errados, impor isso sobre a sociedade é absurdo! Tem de ter debate, e para isso precisamos não ser cidadãos de segunda categoria.


E a lei que chamam de cura gay não é nem de cura, é para quem quiser ser hetero poder ter ajuda para buscar essa preferencia. conheci pessoa CASADA heterossexualmente que tinha desejos homossexuais. E que sugere, que largue a familia, divorcie, adultere, ou que alcance a sexualidade que lhe convém?

Nenhum comentário:

Postar um comentário