terça-feira, 10 de setembro de 2013

Afinal como é esse campeonato das religiões? Para qual vc torce?

Afinal como é esse campeonato das religiões? Para qual vc torce? É pontos corridos, ou é mata mata? Tem disputa nos pênaltis para ir para o céu?


se chama guerra santa. Também conhecido como debate. Você me mata, eu mato você, nós 2 matamos a ignorancia e os erros um do outro. Cada um segura o seu escudo, a sua fé. Se ele for de madeira, quebradiço, diante da dura verdade, ele eventualmente se despedaça, e você morre. Mas ao mesmo tempo, você já estava morto, e ressuscitou, convencido pela verdade (espera-se). Assim, você não é somente atingido pelo que o outro faz, você não leva só uma espadada, você recebe um material, uma matéria prima para você construir novo escudo e nova espada.

Se seu escudo for realmente bom, ele suportará os dardos, que embora com certa chama, inflamados, não prevalecem diante de um escudo. De modo que se deve confiar no escudo, sim, desde que seja digno de confiança. Mas a fé, esse escudo, quando é indigno, deve ser trocado. Dificil porém julgar quando deve-se agarrar-se ao seu escudo, confiando que ele suporta, e quando deve se render e como os honrosos samurais, aceitar que seja morto na sua derrota.

A palavra de Deus, sendo fruto da sabedoria de Deus, que como onisciente sabe a verdade, é a palavra da verdade, e verdade, e sendo conhecimento de Deus, é pedaço da natureza de Deus, e espirito de Deus, e assim é a espada do espírito, que sai da boca de Deus, com a qual Ele mata os seus adversários nesta guerra santa, pacifica, onde ansiamos ser mortos, e as vezes não podemos, e as vezes não queremos morrer, mas somos mortos, pela verdade que achavamos ser mentira. Porque a palavra de Deus é como uma espada afiadissima, ela penetra na divisão da nossa alma e do espirito, nessa divisão, como nas medulas. No intimo do ser, ela vem e meche no nosso coração, arrancando a mentira e colocando a verdade, o espirito de Deus, dentro de nós. Ela trabalha na divisão da alma e do espirito, mata pecadores sem violencia.

Eu torço pela verdade, e luto para matar você, mas se você souber a verdade, para que me mate, ainda que eu não vou querer ser morto, porque não aceitarei que estou errado. Assim também fazemos nós todos.

Esta é a verdadeira guerra santa, o mais nobre dos esportes, onde quando você vence alguém ele não perde, mas se torna vitorioso como você (se de fato vencemos na verdade). Por isso, somos mais que vencedores em Cristo Jesus.

No fundo eu torço pela verdade, eu torço para tê-la, torço para estar com ela ou para obte-la. No fundo, eu torço por você, e por todos nós ; )

Nenhum comentário:

Postar um comentário