sábado, 19 de outubro de 2013

A armadura de Deus (Pt1) - Figuras Bíblicas


Interpretação de figuras, a armadura de Deus – PARTE 1



A espada, o escudo e as sandálias
Interpretando profundamente as figuras


Parte da figura que começa em Efésios 6.11
}  Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno.
Efésios 6:16
}  Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus;
Efésios 6:17
E calçados os pés na preparação do evangelho da paz;
Efésios 6:15


A Espada do Espírito
A espada é símbolo da palavra de Deus.
}  Em apocalipse, Jesus é representado como tendo uma espada que sai de sua boca.
}  Ele também disse que não veio trazer a paz, mas a espada, apesar de incentivar o pacifismo.

Assim, a figura da espada como palavra é semelhante a da língua como uma arma afiada, sendo como o cabo da palavra ou a mão que a manipula.


A Espada do Espírito
A espada é símbolo da palavra de Deus.
}  Em apocalipse, Jesus é representado como tendo uma espada que sai de sua boca.
}  Ele também disse que não veio trazer a paz, mas a espada, apesar de incentivar o pacifismo.

Assim, a figura da espada como palavra é semelhante a da língua como uma arma afiada, sendo como o cabo da palavra ou a mão que a manipula.



A arma de combate de Jesus
}  Jesus combate com a espada... Que sai de sua boca. É ela que Ele deu ao mundo: a palavra de Deus.

Significado:

}  Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.
Hebreus 4:12

A espada é símbolo da palavra dita
A espada é símbolo de guerra, mas uma guerra santa: a discussão.

Ela meche na divisão da alma (individuo, mente) do espírito (natureza), colocando o espírito da verdade dentro do coração, tirando a mentira.

Ela é usada na batalha mental, no coração.

Pensando racionalmente:

}  A palavra de Deus é o conhecimento usado, expresso.
A base da palavra de Deus é a verdade, por ser ela verdadeira. Assim, pregar a palavra é fincar a verdade no coração.
}  Em um sentido, mata-se um inimigo, mata-se um pecador, mas em outro, essa espada é curativa: ela fica dentro do coração, preenchendo o vazio.

A palavra e o escudo: feitos com a verdade
}  Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas te confiarás; a sua verdade será o teu escudo e broquel.
Salmos 91:4
}  Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.
Hebreus 4:12





Escudo da fé: a base é a verdade

}  A espada é feita com a verdade. O escudo da fé tem o mesmo material básico: a verdade.

O escudo é o conhecimento, não apenas o que é declarado, mas todo ele.

O “ato de ter fé”, o “confiar” é como o ato de segura-lo bem firme, não largando dele, enquanto sua fé é atacada: a função dele é ser exposto e atacado.


O conhecimento total é o material que se tem.
A espada é a pequena porção que é dita, sendo dirigida ao alvo.

Já o escudo é feito do mesmo material, mas é muito maior que a espada, ficando guardado na mente do que debate.

O escudo precisa ser grande e consistente, sem buracos, para que proteger. Fé completa

As sandálias


A preparação do evangelho é um ingrediente fundamental.

Preparar-se para pregar as “boas novas” é como usar sandálias para ir pregar a quem precisa: como os soldados usavam elas para conseguir andar longas distancias e enfrentar os adversários de terras distantes, os cristãos também devem se preparar para ir até os que são “inimigos” que precisam ser “mortos” no espírito mau e nascer novamente no espírito da verdade.



Em sintese: a verdade é um material que colecionamos. A espada é a verdade em transporte, destruindo mentiras e ficando-se no coração espiritual das pessoas, matando pecadores figurativamente. Ao mesmo tempo, temos essa verdade, muito mais do que é dito, nossa fé, que é escudo protegendo-nos contra as mentiras, se de fato for um bom escudo. Devemos, é claro, nos preparar para levar também este mesmo material, a verdade de Deus, a todos, prontos a batalhar, isto é, a pregar e debater, defendendo nossa fé e doando desta armadura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário