segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Linguas estranhas X Linguas dos homens

Existe o dom de linguas estranhas na bíblia?
Do que estou falando?

Linguas estranhas:

palavras que não tem sentido claro em nenhuma lingua humana, que a pessoa passa a ser apta para falar por influencia de agente espiritual (no caso de um dom verdadeiramente de Deus, de Deus) que lhe dá as palavras no coração para falar, e que algumas pessoas imitam e tentam "aprender" apenas repetindo os sons.
Acreditam alguns que essas linguas ou ao menos um grupo delas sejam linguas de anjos.
É comum também acreditar que há os com dom de interpretar o significado do que é falado.

Linguas dos homens (inclusive estrangeiras):

Linguas como português, inglês, japones, espanhol, linguas que os seres humanos falam. Tais linguas podem ser aprendidas por esforço humano intelectual, sendo de compreensivel e facil tradução com interpretes humanos.


O chamado grupo pentecostal é como são chamados os que acreditam no recebimento do dom de falar em linguas estranhas (e outros dons espirituais como profecias, interpretação de linguas, milagres, curas, etc).

PORÉM no dia de pentecostes do livro de atos, eles NÃO falaram linguas estranhas no texto.

Fenomeno do dia de pentecostes:

os pregadores falavam coisas na própria lingua com seu próprio intelecto a várias pessoas e cada uma ouvia a mensagem traduzida na própria lingua.

Repare-se que o fenomeno é inverso ao das linguas estranhas.


Deixado isso BEM claro, pretendo provar que o fenomeno de linguas ESTRANHAS é bíblico, embora não seja do dia de pentecostes em si:

PROVA DE QUE LINGUAS ESTRANHAS É BÍBLICO



Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala mistérios.
1 Coríntios 14:2


Repare a função diferenciada: NÃO traduzir para outros, NÃO pregar, mas falar A DEUS.

Porque, se eu orar em língua desconhecida, o meu espírito ora bem, mas o meu entendimento fica sem fruto.
1 Coríntios 14:14


Repare Paulo falando que ELE PRÓPRIO não entende o que ELE fala pelo espírito. O contrario do evento de pentecostes, onde eles falavam o que pensavam, e cada um ouvia e entendia.
Se fossem linguas humanas é lógico que o FALANTE ia entendê-las, mesmo que outros não, pois sabe o que quer dizer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário