terça-feira, 24 de dezembro de 2013

ateus, papai noel e Deus

Negar uma crença sem explicação alternativa não é sabio... E o papai noel?


Há uma boa razão para não se crer em papai noel. Mais de uma, aliais.

Primeiro, a ciência de que pessoas mentem. A percepção de que existem muitas pessoas que se passam por papai noel. A percepçao de que isso é ensinado para algumas crianças. O estudo da história da origem da roupa do papai noel atual vinda da adulteração pra propaganda da coca cola.
A origem da história do santo católico. O fato de que há varios sistemas pelos quais se pode ver o polo norte e nenhuma fabrica foi encontrada

A incoerencia evidente de que papai noel deve dar presente para pessoas boas, e eu por exemplo, em varias definições sou uma pessoa boa (e garanto que acho muitas outras) que alegam jamais ter recebido presente do mesmo.

Fato de que renas voadoras nunca foram encontradas. Fato de que histórias de natal incluindo papai noel são inventadas por roteiristas de desenhos, filmes, etc frequentemente e que isso é senso comum e que você pode até saber o nome dos autores.

ETC.

Enfim, há muitas razões, ignoradas pelas pessoas, que são base da nossa teoria oculta, do sub-consciente, a teoria da não-existencia do papai noel. Há poucos fatos que apontam para a existência do mesmo, e muitos fatos que apontam para a sua não existem. Logo, embora não possamos (e não deveriamos) ter certeza absolutissima, provada 100% lógicamente de que papai noel não existe, os dados presentes a qualquer pessoa com acesso ao conhecimento do senso comum leva a teoria da não-existencia a ser considerada a mais vivavel, e daí surge a certeza de que não existe. 

Já existencia de Deus por outro lado, é muito mais polemico, com direito a livros históricos com apoio arqueológico, referencias extra-biblicas, etc (vide jesus histórico e arqueologia bíblica na wikipédia por exemplo), além do testemunho de muitas pessoas, entre as quais me incluo, que dizem ter tido experiencias inconfundiveis com um agente espiritual conhecimento como Deus, com direito a falas através de profetas de coisas pessoais e tb sensações miraculosas e dons miraculosos, etc

Repare-se, conclusivamente que, embora não tenhamos absolutamente provado a não-existencia de todo e qualquer conceito chamado papai-noel, temos base para provar a não-existencia de varias definições precisas (como a de que é alguém que tem uma fabrica no polo norte, ou que é aquele do shopping) e que portanto é perfeitamente possivel provar a não-existencia do papai noel (ou qualquer outro agente falso) e que em termos de conceito geral, é perfeitamente justificavel crermos na não-existencia do papai noel, não apenas pela ausência de evidencia, mas pela evidência da ausência. Portanto ateus devem parar de colocar como desculpa a idéia de que Deus não existe pela ausência de provas quando muitos evolucionistas consideram como praticamente factual que deve existir vida em outros planetas sem evidencia nenhuma apenas por uma expectativa estatistica com base no tamanho do universo e suas suposições de que a vida se geraria sozinha em qualquer ponto do universo adequado a tal surgimento. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário