domingo, 22 de junho de 2014

O amor de Deus é lógico

Livro de efésios: Que possais compreender com todos os santos qual seja a altura, a largura, o comprimento, e a profundidade. E conhecer o amor de Cristo, que excede todo entendimento. Para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus.
Ef 3.14-19


14 Por causa disto me ponho de joelhos perante o Pai de nosso Senhor Jesus Cristo,
15 Do qual toda a família nos céus e na terra toma o nome,
16 Para que, segundo as riquezas da sua glória, vos conceda que sejais corroborados com poder pelo seu Espírito no homem interior;
17 Para que Cristo habite pela fé nos vossos corações; a fim de, estando arraigados e fundados em amor,
18 Poderdes perfeitamente compreender, com todos os santos, qual seja a largura, e o comprimento, e a altura, e a profundidade,
19 E conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus.


Compreenda o que excede o entendimento: 

Deus ama e é racional e sábio. 

Amor não é ilógico. Nós é que somos, não conseguindo raciocinar sobre o amor. 
Amor não é louco. Louco, é, como a razão de Deus, pq Deus é tão sabio que para nós não o compreendo, parece louco, como o amor por não o compreendermos parece loucura, porém é porque nós o somos. Por isso a loucura de Deus é mais sabia que a sabedoria dos homens, porque também o amor de Deus é mais racional que a lógica dos homens, porque ela está errada, e não é verdadeira. 

Amor é valorização. Amar como a si mesmo é ter um amor lógico, coerente. Uma boa escala de valores, uma escala de amor. 

se você ama como a si mesmo logo as vezes será coveniente se sacrificar um pouco ou muito dependendo da circunstancia, pra ajudar o outro, porque afinal ele vale mais que você. Para ajudar a muitos, então muito mais vale do que a si próprio. Não porque você é irracional, mas porque você pensa, e raciocina e conclui com razão: mais vale o bem de muitos do que o de um só. 
E com o amor, criando essa escala de valores e sentimentos, consegue fazer o altruismo, que parece loucura ao egoista, porque o egoista ama a si mesmo e despreza os outros, de modo que a ausencia de amor é o desprezo. 
Mas quando você ama, e se sacrifica pelos outros não amando a si mesmo é porque primeiro, amou o próximo como a si mesmo, e tendo de fazer uma escolha entre o bem pra um ou pra outros, achou mais coveniente sacrificar um. De modo que o amor te faz ser racional, e não carnal, não apegado somente a si, mas lógico, coerente, em reconhecer o valor dos outros. 

Por isso Deus mostrou seu amor não pela abundancia de suas riquezas, mas pela escasses da justiça. Porque faltando justiça no mundo, em nós, Deus mostrou que prefere que o justo sofra por um tempo do que o pecador se perca eternamente. Essa escala é lógica e de bom senso, sendo sabia, é também amorosa. De modo que pela escasses, pela falta do bem Deus revelou sua escala de amores, seu amor. 

assim, de posse das medidas, da formula e da definição, peço que faça você também desse amor, praticando-o em toda sabedoria e bom juizo. Porque o amor e a sabedoria se amam e se conhecem, e quem ama conhece a Deus, e quem não ama e diz que o conhece, ainda não o conhece. Porque o Espirito santo de Deus tem como uma de suas essencias principais o amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário