sábado, 18 de outubro de 2014

Maria não queria ser virgem pra sempre



Alguém pode dizer que estou blasfemando. O problema é que tal imagem poderia ser feita por um católico, porque foi o que me ensinaram. Que tanto José quanto Maria não tiveram relações, e que José não morreu virgem porque era viuvo quando casou com ela, pois tudo o que eles queriam era um filho.



Devemos concluir que se é assim:
Maria pretendia ter relações com José até ter um filho (razão pela qual se casaram portanto), e logo que:

Se Maria é perpétua virgem não é graças a Ela, mas graças a Deus.

Mas porque Maria seria virgem para sempre?
O que acho mais curioso são as afirmações sobre o porque ela faria tal coisa. Porque ela seria uma perpétua virgem. Visto que a bíblia vai profundamente contra a idéia de que sexo é pecado (comprove aqui), porque ela continuaria virgem?

Resposta dada a mim:
- Pra evitar que falassem de Jesus de ser filho de José.

Essa idéia não faz sentido. 
Pra realmente evitar essa confusão ela deveria não se casar. Por certo, que se ela não tinha relações com José as únicas pessoas que o saberiam seriam os dois, porque quem mais iria suspeitar que um casal não tivesse vida intima? 
A ponto que de fato disseram "não é este filho do carpinteiro?"(Mt 13.55)
DEUS mandou José casar. Ele iria impedir a vida intima dos dois sem motivo?

Portanto não há motivo racional para se crer que um casal que se amasse não teriam vida de casados, lembrando que Maria NÃO pretendia ser virgem perpétua, como hoje muitas madres o fazem, ironicamente querendo ser como ela.


Algum católico me explica essa? 
Ou requererei de vocês no dia do juizo "como crerão se não há quem vos pregue?", do porque eu ser protestante

Nenhum comentário:

Postar um comentário