segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Falando dos outros: Eu não sou... Muita gente



"eu sou o charlie" - é o que tem sido dito por alguns após o jornal charile ser atacado levando a morte de varias pessoas.
Porém se você não faz desenhos obscenos de Deus e Jesus e o espirito santo em uma relação homossexual você não é.

Eu também não sou nenhum dos terroristas.
Na minha opinião




mar certamente merecia um bom processo.



O orgulho da nossa sociedade sobre a liberdade de expressão ultrapassou os limites do justo.
Igrejas cristãs estão sendo atacadas em protesto ao charile. Uma visão de liberdade de expressão que permite que se desenhe uma pessoa com petroleo no seu anus cria nos olhos dos islamicos um esterótipo e preconceito sobre o que nós queremos dizer sobre democracia.
Em outras palavras








Assim eu concluo pedindo a todos que combatam os desrespeitos, os abusos, as ofensas descaradas que são bem diferentes de criticas. Sâo aquelas coisas feitas pra provocar, ofender, e não pra argumentar. São como dar uma cuspida na pessoa, feri-la, em seu sentimentos, não porque é a unica forma de trazer a informação necessaria, e sim porque se quer irrita-la.

atos como esse abaixo que o facebook optou por considerar não ofensivo.
De fato o facebook tem suas "regras da comunidade" que incluem ofensa a homossexuais,
 mas não ofensas a religiosos...

Eles acharam justo deixar esse grau de baixaria, nudez e situações sexuais, incesto incluido circulando livremente.




Por isso eu peço, não contribua com o fim da democracia e liberdade de expressão nem com o fanatismo. Pessoas reclamam que catolicos e evangélicos estão enchendo a camara de politicos, mas eles não reconhecem que estão procurando se defender.

As injustiças produzem ainda mais injustos.
E você não precisa ser traficante só por não querer que um traficante morra... Você só precisa ser como Jesus que amou a adultera.

Você não precisa ser cristão pra entender que pedir um modo de comunicação mais equilibrado é chave pra evitar que você próprio seja tratado do mesmo nivel pra baixo.
O mundo precisa de menos trols, e não de orgulho deles só porque "se alguém xingar minha mãe NÃO posso agredi-la"

Grato pela moderação. Que faltou no facebook


Nenhum comentário:

Postar um comentário